Holanda elimina o Brasil na Copa do Mundo da África do Sul



O jogo que muitos esperavam aconteceu esta tarde na África do Sul. De um lado a seleção holandesa, ofensiva de ofício e com bons jogadores, e do outro simplesmente a seleção pentacampeã e que dispensa apresentações. Desde o primeiro minuto de jogo ficou claro que ambas as equipes entraram dispostas a não deixar o adversário jogar. Muitas faltas, marcação cerraca e dura deram trabalho para o árbitro japonês. Porém num lance de muita precisão Felipe Melo acertou um passe de dezenas de metros para Robinho, que de primeira acertou o canto do goleiro holandês. O Brasil saia na frente, e os holandeses ficaram perdidos em campo. Durante o primeiro tempo inteiro apenas o Brasil jogou, e poderia ter saido de campo com um placar bem maior. Falar em vitória no primeiro tempo de 3x0 não é exagero. Mas o Brasil não concretizou suas várias chances de gol e foi para o vestiário com a vitória magra de 1x0.

No segundo tempo a Holanda voltou muito mais ligada no jogo, mesmo assim não conseguia assustar a meta de Julio César. Entretando em uma cobrança de falta da direita por Sneijder, Julio César se calou e acabou se atrapalhando com Felipe Melo, que marcou contra de cabeça. Com o empate o Brasil se perdeu em campo, e em pouco tempo mais um erro infantil, desta vez de marcação: escanteio cobrado da direita e ninguém marcou a bola no primeiro pau, que foi desviada por um holandês para dentro da pequena área onde mais uma vez Felipe Melo estáva, e sem almejar qualquer reação deixou que Sneijder cabecea-se sozinho, tranquilo. Era o gol da virada e da classificação, porque minutos depois o mesmo Felipe Melo cometei falta em Robben, e não satisfeito pisou a perna do atacante holandês, e acabou expulso. Com um a menos o Brasil não teve força para buscar o empate e por muito pouco não tomou o terceiro gol.

Com a derrota, e a desclassificação, acaba a era Dunga na seleção. Para a mídia será um prato cheio esta derrota, porque poderão usar de todos os meios para selar de vez a carreira de Dunga como técnico. E para os milhões de brasileiros que torceram como loucos, tudo ficará para 2014, ano que a Copa do Mundo será aqui.


Comentários

Postagens mais visitadas