Entrevista com o Movimento Grêmio Vencedor (MGV) - Eleições 2010



A. IDENTIFICAÇÃO.
1. Nome do Movimento
Movimento GRÊMIO VENCEDOR (MGV).
2. Data da Fundação.
O Movimento GRÊMIO VENCEDOR, lançado oficialmente no dia 1º de julho de 2010, em evento prestigiado por dezenas de associados e dirigentes gremistas, renasce do ideário que guiou, nas eleições de 2004 para a renovação dos membros do Conselho Deliberativo, a chapa liderada pelos ex-presidentes Dr. Fábio André Koff e Dr. Luiz Carlos Silveira Martins.
3. Principais Fundadores.
Subscreveram o manifesto de lançamento do Movimento GRÊMIO VENCEDOR os seguintes gremistas:
Alberto Martins Brentano,
Alberto Jerônimo Guerra Neto,
Alberto Augusto Alves Rosa,
Antônio Escosteguy Castro,
Artur Ferreira,
Camilo Gomes de Macedo,
Carlos Gerbase,
Carlos Henrique Horst,
César Bimbi,
David Stival,
Dênis Vieira Abrahão,
Eduardo Santos dos Santos,
Evandro Krebs Gonçalves,
Francisco Antônio Martins Costa Motta,
Francisco José Moesch,
Jorge Santos Buchabqui,
Jorge Brendel,
Gilberto Haag Ferreira,
Gilmar Michelon,
Henrique Hillebrand Pochmann,
Luciano Hocsmann,
Luis Gustavo Schmitz,
Luis Fernando Dal Forno,
Luiz Carlos Silveira Martins,
Luiz Roberto Stigler Marczyk,
Marco Antônio Brasil Miranda,
Marcos Chitolina,
Renato de Castro Moreira,
Renato Donadio Munhoz,
Rui Costa dos Santos,
Renato Kliemann Paese,
Sadi Donatto,
Sérgio Vasques e
Thiago Brunetto.
4. Principal objetivo da sua criação.
O Movimento GRÊMIO VENCEDOR, tal como anunciado em seu manifesto de lançamento, nasce a partir da convergência de valores, princípios e conceitos para a condução da política e da gestão do GRÊMIO, assim elencados:
1) “A busca da unidade” – a política recente do GRÊMIO trouxe à cena a criação e existência de grupos políticos com identidade própria, tornando salutar o processo de democratização do clube; precisamos, assim, envidar esforços no sentido de buscar unidades e consensos entre TODOS estes grupos, a fim de que os grandes temas sejam encaminhados com a coesão necessária para a sua imple-mentação;
2) “Fazer política e gestão de GRÊMIO com seriedade e ética” – a história do GRÊMIO foi construída a partir de valores éticos e morais, no sentido de conduzir os destinos do Clube com a grandeza que lhe é inerente; precisamos, assim, preservar o exercício da política no GRÊMIO no mais alto nível, pois as divergências vazias e irracionais, bem como os ataques pessoais acabam atingindo, ao fim e ao cabo, a Instituição GRÊMIO;
3) “Gestão moderna e profissional” – a busca permanente da profissionalização do GRÊMIO, do incremento das receitas, da disciplina orçamentária e da redução de despesas não ligadas ao futebol, tornará o GRÊMIO mais competitivo e cada vez mais apto ao novo cenário futebolístico;
4) “O retorno às grandes vitórias” – os nossos adversários estão fora e não dentro do GRÊMIO; juntos poderemos derrotá-los, colocando o GRÊMIO no patamar mais alto das maiores conquistas, lugar que lhe pertence por direito e a que cabe a nós, TODOS, conduzí-lo.
5. Atual Presidente e Equipe Diretiva.
O Movimento GRÊMIO VENCEDOR tem como Presidente de Honra o ex-Presidente Luiz Carlos Silveira Martins e suas atividades são coordenadas por uma diretoria colegiada, composta por Alberto Augusto Alves Rosa e Luis Gustavo Schmitz, coordenadores, por Marcos Chitolina, tesoureiro, e por Thiago Brunetto, secretário-geral.
6. Quantos membros possui o Grupo. Quantos destes são conselheiros do Clube? Poderia listá-los?
O Movimento GRÊMIO VENCEDOR foi lançado, oficialmente, há menos de um mês, com a apresentação de manifesto subscrito, como se viu, por mais do que trinta gremistas. Temos tido, diariamente, novas adesões, contando, hoje, com a participação de mais do que cinquenta gremistas, entre os quais, os seguintes conselheiros:
Alberto Martins Brentano,
Alberto Jerônimo Guerra Neto,
Alberto Augusto Alves Rosa,
Antônio Escosteguy Castro,
Carlos Gerbase,
César Bimbi,
David Stival,
Denis Vieira Abrahão,
Evandro Krebs Gonçalves,
Francisco Antônio Martins Costa Motta,
Francisco José Moesch,
Jorge Santos Buchabqui,
Henrique Hillebrand Pochmann,
Luciano Hocsmann,
Luis Gustavo Schmitz,
Luiz Carlos Silveira Martins,
Luiz Roberto Stigler Marczyk,
Marco Antônio Brasil Miranda,
Renato de Castro Moreira,
Renato Donadio Munhoz,
Rui Costa dos Santos,
Renato Kliemann Paese e
Sérgio Vasques.
7. O Movimento participa da atual Gestão? Se não participa, concorda que seus membros participem?
O Movimento GRÊMIO VENCEDOR faz parte do chamado “G6”, grupo que reúne os movimentos políticos que dão sustentação política à atual gestão, que vem sendo liderada pelo Sr. Duda Kroeff, na condição de presidente do Conselho de Administração (CA). Participamos da gestão do Clube, a começar por Alberto Guerra, que, além de Vice-Presidente eleito do CA, ocupa cargo de direção no Departamento de Futebol Profissional. Participamos também do Departamento Consular, através dos membros do MGV Marcos Chitolina e Renato Donadio Mu-nhoz. Por fim, o MGV atua no Departamento Jurídico, que é coordenado por membro do Movimento, o Dr. Rui Costa Santos, integrando-o ainda, ao lado de outros gremistas, os advogados Camilo Gomes de Macedo, Henrique Hillebrand Pochmann, Renato Kliemann Paese, Rodrigo Christini e Thiago Brunetto. Como coordenador político do G6 temos o companheiro Evandro Krebs que, após ter sido Assessor Especial da Presidência do CA, foi eleito membro do Conselho de Administração da Grêmio Empreendimentos, sendo um dos principais articuladores para que este projeto estratégico para o futuro do clube seja exitoso.
8. Existem membros nomeados para comissões internas do Grêmio? Quais membros/comissões?
Entre as Comissões Permanentes nomeadas pelo Presidente do Conselho Deliberativo, Dr. Raul Régis de Freitas Lima, o Movimento GRÊMIO VENCEDOR par-ticipa da Comissão para Assuntos Relativos ao Futebol, através do conselheiro Denis Vieira Abrahão, da Comissão de Ética e Disciplina, através do conselheiro Francisco Martins Costa Motta, da Comissão para Assuntos Legais e Estatutários, através do conselheiro Rui Costa dos Santos, da Comissão de Acompanhamento do Planejamento Estratégico, através do Conselheiro Evandro Krebs Gonçalves e da Comissão para Assuntos Eleitorais, através do conselheiro Renato Kliemann Paese. Integra, ainda, o Conselho Fiscal, através do conselheiro Luis Gustavo Schmitz, reeleito por mais 3 anos, e auxilia os trabalhos da Mesa Diretora do Conselho Deliberativo, através do 2º Secretário, conselheiro David Stival.
B. IDÉIAS E POSICIONAMENTOS.
9. O Movimento é contra ou a favor da construção da Arena?

O Movimento GRÊMIO VENCEDOR, sem deixar de reconhecer o significado e a importância do Estádio Olímpico Monumental, palco das grandes conquistas da era moderna do GRÊMIO, entende que o futebol brasileiro passa por um processo de modernização e que nosso Clube não poderia deixar de aproveitar as oportunidades deste novo cenário. Este processo é irreversível e inclusive vai além da simples construção de um novo estádio: a Arena será um espaço multiuso, equi-pado e preparado para receber grandes eventos esportivos e culturais, o que irá requerer muito profissionalismo e experiência em sua administração. Daí a dimensão da responsabilidade dos dirigentes do clube, sobretudo porque é preciso fazer com que o modelo de negócio seja o mais vantajoso possível para o GRÊMIO. Como já disse Evandro Krebs, na condição de Conselheiro da GRÊMIO Empreendimentos, “A Arena já é uma realidade e basta compararmos os projetos que serão efetivamente executados para a Copa do Mundo de 2014 para termos a certeza de que o nosso será o estádio mais bonito e moderno da América Latina”. Todavia, sua concretização depende do comprometimento de todos os gre-mistas, independentemente de posições políticas ou interesses de cunho pessoal, tal como se deu quando nos mudamos da Baixada para o glorioso Olímpico e quando completamos o anel superior do Monumental, assentando os alicerces para os títulos nacionais, continentais e mundial. Que não tardaram! Esse com-prometimento só será possível se houver total transparência e responsabilidade na condução das questões relativas à Arena, que é exatamente o que tem pautado a linha de conduta do nosso Movimento, neste que é o maior desafio da imen-sa Nação Tricolor.
10. O Movimento é contra ou a favor da Cláusula de Barreira para o CD?
11. O Movimento é contra ou a favor da Cláusula de Barreira para o Presi-dente?
12. Tem uma sugestão de melhoria/avanço nessas questões?

Trataremos os três tópicos (10, 11 e 12) conjuntamente. Questões fundamentais que repercutem substancialmente na estrutura, forma e composição político-administrativa de um clube com mais de 106 anos de existência devem estar permanentemente na pauta das discussões, afinal, tornar as regras dos processos eleitorais cada vez mais claras, objetivas, democráticas e transparentes é a garantia de que as melhores práticas de governança recomendadas para instituições da natureza do nosso Clube (sociedade civil sem fins econômicos) estejam asseguradas. Nessa linha, cabe lembrar que há mais de seis (6) anos, numa iniciativa inédita e histórica, muitos de nossos atuais companheiros tiveram a visão de protocolar no Conselho Deliberativo do GRÊMIO proposta por eleições diretas no clube. O documento teve como principais mentores os conselheiros Luiz Carlos Silveira Martins e Renato Moreira. Posteriormente, defendemos, lutamos e aprovamos a alteração estatutária de eleições diretas. Numa análise conceitual, somos a favor de todos os instrumentos que possam garantir ampla participação e fiscalização do associado em relação às grandes decisões do clube, no que se inclui, superadas as questões de ordem legal, a redução da cláusula de barreira. Tanto é assim que, em 14 de agosto de 2009, foi apresentada ao presidente do Conselho Deliberativo, Dr. Raul Régis de Freitas Lima, proposta de alteração es-tatutária elaborada pelo Dr. Renato de Castro Moreira, que é fundador do Movi-mento GRÊMIO VENCEDOR, a qual foi subscrita por grande parte dos conselhei-ros que hoje participam do nosso Movimento. Em seu teor, volta-se a assegurar, em nível estatutário, a utilização de meios alternativos ao escrutínio (como o voto por via postal, correio eletrônico ou diretamente pela Internet), o voto nos grandes colégios eleitorais fora de Porto Alegre, a eleição conjunta para o Conselho de Administração (presidência do GRÊMIO) e para o Conselho Deliberativo, e sem-pre em datas que não prejudiquem o desempenho do clube em competições ofi-ciais. Objetiva, ainda, assegurar que o processo eleitoral seja acompanhado dire-tamente pela Comissão Eleitoral, desde a inscrição das chapas até a prestação de contas, além de permitir que a Vice-Presidência de Futebol, cargo que tradicionalmente é da escolha pessoal do Presidente do Clube, tenha assento, voz e voto no Conselho de Administração do GRÊMIO. Propôs-se, portanto, uma modi-ficação substancial do processo eleitoral do Clube e, sobretudo, valorização da Vice-Presidência de Futebol, que é quem responde pelo que, ao fim e ao cabo, é a razão da nossa existência.
13. Como seus integrantes votaram na reunião sobre a Cláusula de Barreira?
O Movimento ainda não estava constituído nessa reunião e ainda não houve tempo de mapear detalhadamente como foi o posicionamento dos conselheiros nessa votação. A maior parte, seguramente, votou favoravelmente à proposta, especi-almente no que diz com a redução da cláusula de barreira nas eleições para o Conselho Deliberativo. Vale destacar que a proposta de alteração estatutária antes aludida reduz a cláusula de barreira para 20% dos votos válidos, em eleição conjunta para o Conselho de Administração (presidência do GRÊMIO) e Conselho Deliberativo. O Movimento GRÊMIO VENCEDOR tem compromisso com a democratização do Clube.
14. Se o movimento não participa/apóia a atual Gestão, o Movimento já tem candidato para as próximas eleições?
Como já dissemos, apoiamos e integramos a atual gestão. Entendemos que o próximo Presidente deverá ser aquele gremista comprometido com a democratização do clube, transparência de gestão, governança institucional, convergência política e investimento eficaz no futebol, independentemente de estar, hoje, identificado com movimentos de situação ou oposição.
15. O Movimento é contra ou a favor aos sócios votarem pela Internet?
Absolutamente a favor. Ver resposta do item 16.
16. O Movimento é contra ou a favor de postos de votação no interior?
O Regimento Eleitoral recentemente aprovado pela Comissão para Assuntos Elei-torais prevê, já para as eleições de 2010, a possibilidade de votação pela internet. O conselheiro Renato Kliemann Paese, que é fundador do Movimento GRÊMIO VENCEDOR, integra essa Comissão e colaborou para que isso fosse aprovado. Afora isso, a proposta de alteração estatutária antes aludida prevê, em nível estatutário, havendo condições técnicas para tanto, o voto pela via postal, por correio eletrônico, diretamente pela Internet ou mediante urnas em municípios com pelo menos 1.000 (mil) associados com direito a voto, desde que situados fora da Região Metropolitana de Porto Alegre. Há muito em que avançar, e estamos atuando firmemente para que haja a mais ampla participação do associado nas eleições do GRÊMIO.
17. Quais as principais contribuições que o Movimento já deu ao Grêmio? Foram somente quando estavam na Gestão?
O Movimento GRÊMIO VENCEDOR é integrado por gremistas que apóiam e a-poiaram o GRÊMIO “na boa e na ruim”. Que se esforçam para ajudar o Clube, de forma abnegada, em todas as esferas e de todas as formas necessárias. A prova disto está no fato de que temos companheiros exercendo vários cargos de responsabilidade em quase todas as áreas estratégicas do Clube. Estivemos presentes em Medellin e Tóquio, assim como também estávamos na Batalha dos Aflitos. Participamos da elaboração do planejamento estratégico, aprovamos as eleições diretas junto aos associados, assim como somos, hoje, agentes ativos para a construção da Arena do futuro do Grêmio.
18. O movimento tem conselheiros faltosos que poderiam ser enquadrados no artigo 66?
A presença dos conselheiros que integram o Movimento GRÊMIO VENCEDOR é seguramente equivalente ou superior à média geral do Conselho Deliberativo. A participação ativa na vida do Clube é tradição de nossos integrantes.
C. ESTRUTURA
19. O Movimento tem sede física ou algum site atualizado na internet?

O Movimento GRÊMIO VENCEDOR não tem sede física. Nossas reuniões ocorrem em lugares públicos, sempre depois de prévia convocação dos seus integrantes, a qual normalmente se dá por meio de correspondência eletrônica. Teremos, em breve, página na Internet, sob o endereço www.gremiovencedor.com.br.
20. Quais as formas de um gremista entrar em contato com o Grupo?
Quando a página da internet estiver “no ar”, haverá um campo específico para isso. De momento, em caráter provisório, o associado ou torcedor que desejar al-gum contato conosco pode enviar sua correspondência para o endereço de e-mail “gremiovencedor@hotmail.com”, registrando sua identificação pessoal, e-mail e telefone. E, em dias de jogos, basta contatar nossos integrantes no pátio do Olímpico, no entorno do Largo Dr. Fernando Kroeff (Largo dos Campeões), ou dentro do próprio Estádio.
21. Como são aceitos novos membros? Existe alguma exigência para entrar no Grupo?
Para integrar o MGV basta ser GREMISTA e estar com disposição de ajudar o GRÊMIO a ser cada vez mais VENCEDOR.

Comentários

Postagens mais visitadas