Fluminense 2x3 Grêmio - Quartas-de-final Copa do Brasil 2010 - 29,04,10



Jogando em um Maracanã encharcado o Grêmio venceu o Fluminense por 3x2 nesta noite de quinta-feira, jogo válido pela rodada de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil. Com o resultado a equipe de Silas pode perder por um gol de diferença em Porto Alegre até o placar de 2x1 que estará classificada para a semi-final. Com a estréia de Muricy Ramalho o Fluminense começou o jogo pressionando o tricolor gaúcho, e mesmo com os desfalques de Conca, Allan e Fred o time das Laranjeiras conseguiu abri o placar com André Lima, após cruzamento (em impedimento) de Mariano. O Grêmio não baixou a cabeça e pouco tempo depois empatou o jogo, depois de uma excepcional jogada de Jonas e conclusão de Douglas.

Com o gol gremista o Fluminense se perdeu em campo, e o Grêmio começou a tomar conta completamente do jogo. Borges aproveitou vacilada na marcação carioca e deixou Jonas na cara do gol de Rafael, era o segundo do Grêmio e a virada. Mas pouco tempo depois Rodrigo cometeu falta no meio-campo e foi expulso. No intervalo o técnico Silas mexeu na equipe: retirou Leandro e William Magrão. A equipe aprimorou mais ainda a marcação no meio-campo, e aos 30 minutos Douglas marcou o terceiro. O Fluminense ainda descontou antes dos 40 minutos, mas mesmo com a pressão o Grêmio conseguiu se manter atento e evitou o empate carioca.

É a segunda vitória incontestável do Grêmio fora de casa. No domingo havia vencido, e com autoridade, o rival Internacional no estádio Beira-rio. Este ano, ao contrário do ano anterior, o time da Azenha vem fazendo belíssima campanha como visitante. Agora o foco é o clássico Gre-nal de domingo, que defini o campeão gaúcho de 2010. O Grêmio entra em campo com vantagem de 2x0.



FLUMINENSE 2 x 3 GRÊMIO
Fluminense
Rafael; Gum, Digão (Equi Gonzalez) e Leandro Euzébio; Mariano, Diguinho, Everton, Marquinho e Júlio César (Adeílson); Wellington Silva (Willians) e André Lima.
Técnico:
Muricy Ramalho
Grêmio
Victor; Edilson, Ozeia, Rodrigo e Neuton; Adilson, William Magrão (Rafael Marques), Leandro (Hugo) e Douglas; Jonas (Fábio Rochemback) e Borges.
Técnico: Silas
Data: 29/04/2010 (quinta-feira)
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Carlos Berkenbrock (Fifa-SC)
Público: 15.336 (pagantes) e 21.410 (presentes)
Renda: R$ 329.930,00
Cartões amarelos: Everton, Digão, Wellington Silva, Mariano, André Lima e Equi Gonzalez (Fluminense). Edilson, Rodrigo, William Magrão, Borges, Jonas e Douglas (Grêmio).
Cartão vermelho: Rodrigo, aos 45 minutos do primeiro tempo (Grêmio).
Gols: André Lima, aos 12 minutos; Douglas, aos 19 minutos; e Jonas, aos 31 minutos do primeiro tempo. Douglas, aos 27 minutos; e Equi Gonzalez, aos 32 minutos do segundo tempo.

Comentários

  1. Muito mais que um simples hino, muito além de uma filosofia de vida, mais do que um grito de guerra,
    expressão maior de uma alma gaudéria, grito de amor liberto e livre por natureza....
    Até à pé nós iremos....
    Para oque der e vier...
    Mas o certo é que nós estaremos....
    Com o Grêmio onde o Grêmio estiver....
    lalalalalalalalalalalalalalalalalalalalalalal...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente a vontade. Aproveite e deixe sua sugestão de postagem!

Postagens mais visitadas