A despedida de Vincent Candela



Navegando pelos blogs inglêses de futebol, achei um momento emocionante do futebol mundial, em especial do romano. A despedida de Vincent Candela, o zagueirão campeão mundial pela França em 98 e campeão italiano pela Roma em 2001. De um lado a esquadra francesa, comandada por nada menos que Zidane, e o resto do time da campanha vitoriosa de 98. Do outro o time campeão italiano de 2001. Mas a festa não foi apenas isso. Candela entrou no estádio Olímpico cercado por legionários romanos, e Zidane veio em uma autêntica biga, como se fosse um legítimo Cesar. A partida terminou em 5x3 para a Roma, com Candela jogando o primeiro tempo pela Roma e o segundo pela seleção francesa.

Agora vou colocar o que o blogueiro inglês escreveu: "Let me repeat that: Not only were Zidane and Totti there, but they came in on friggin horse-drawn chariots and Candela had an army of Roman soldiers. The only thing missing was Pele flying in on the back of a cocaine-powered Maradona and Candela being awarded a DeLorean time machine as a retirement gift."

Traduzindo: Não foram apenas Zidane e Totti que chegaram em uma biga puxada à cavalos, mas Candela cercado por soldados romanos. Só faltou Pele voando ao redor de um Maradona turbinado por cocaina, e Candela chegando num Deloren, aquele carrão do filma De Volta do Futuro.



Aqui a fonte da matéria: Dirty Tackle

Comentários

Postagens mais visitadas