Confusão pela Sulamericana 2009



Ontem, na cidade boliviana de Santa Cruz de la Sierra, a equipe do River Plate do Uruguai vencia o Blooming por 1x0 aos 20 minutos do segundo tempo quando um torcedor boliviano invadiu o gramado e agrediu covardemente um jogador da equipe uruguaia. A polícia agiu rápido e deteve o marginal, mas o juiz da partida não sentiu que houvesse mais segurança para prosseguir com a partida e a suspendeu. Irritados com a atitude do arbitro, e com a derrota do time em campo, os torcedores do Blooming começaram a atirar foguetes contra a torcida do River Plate e contra os jogadores uruguaios em campo. Inclusive atingindo membros da comissão técnica.







Não é primeira ocorrência insana que acontece em gramados bolivianos. Poucas semanas atrás, um jovem de apenas 12 anos entrou em uma partida pelo campeonato boliviano da primeira divisão defendendo o Aurora. Este jovem também foi covardemente agredido em campo, e o agressor nem cartão amarelo levou. Duas provas de que hoje o futebol boliviano não merece estar participando de competições internacionais. Ou a Conmebol toma atitude severa contra estas equipes, ou todos os torneios sulamericanos perderão credibilidade. No caso do Blooming, a equipe deve ser desclassificada da competição, como punição aos fatos que acontecerem ontem.

Comentários

Postagens mais visitadas