Uma direção perdida e omissa!


Duda: Completamente perdido num oceâno repleto de dúvidas.



Não me surpreendi ontem a noite quando ouvi pela Rádio Gaucha o presidente Duda Kroeff falar que não soube direito o que estáva acontecendo com o torcedor do lado de fora do estádio pois o jogo já tinha começado e ele estáva no "clima" do embate. Preferiu deixar para depois o assunto.

Para um presidente que deixou o clube cerca de 45 dias sem treinador, que não conseguiu nada de reforços que pudessem suprir as carencias do time, que deixou os rivais fazerem o que bem entendessem na mídia, e ele ao menos respondeu a altura, que presenteia com uma placa um cidadão tão sujo e baixo como o Perrela minutos antes do jogo, o mesmo Perrela que alardeou a imprensa nacional com o caso do Maxi Lopez, e pior ainda, um presidente que nunca ouve sua torcida e que assina embaixo a declaração de Celso Roth de que o torcedor é passional demais, eu não poderia esperar outra resposta do que essa dele na declaração a Rádio Gaucha.

Os erros que a Brigada Militar cometou nas dependencias do estádio Olímpico começa com a falta de organização da diretoria em resolver o problema de ingressos, principalmente para com os socios. E isso não é novidade, já que há muito tempo temos muitos socios. Também o atendimento dos associados no clube é uma vergonha, sem falar no marketing do clube que há anos capenga de tão ruim. Aliás, marketing esse que raramente ouve o torcedor.

Bem, ouvir o torcedor é uma das piores reclamações que temos com a diretoria. Como pode o presidente se deixar levar pela autoridade facista da Brigada Militar em não defender sua torcida com os seus materiais de jogo? Ontem a torcida Geral do Grêmio entrou nua no estádio. Totalmente privada daquilo que a fizeram a torcida mais vibrante e festiva do Brasil! Afinal, quem manda no estádio Olímpico, o presidente ou o comandante da Brigada Militar?

Se a Brigada Militar usa o expediente de dar o troco na torcida, caso acontece algum ato de transgressão, cabe ao presidente falar que o papel da Brigada é punir os transgressores, e não punir uma torcida inteira, já que não somos militares e aqui no mundo real não existe a máxima de que muitos pagarão por poucos. A Brigada precisa fazer seu papel. Se alguém cometer um erro deve ser punido, e pronto.

Duda Kroeff não consegue dar um destino ao Grêmio, a não ser o destino cruel de que precisamos rezar mais e esperar resultados. A direção tá fraca, tá naufragando. As desculpas sempre as mesmas, falta de dinheiro e tempo para o trabalho aparecer. Bem, o tempo tá passando fáz horas, e nada do trabalho aparecer. Quanto ao dinheiro, o Grêmio já montou muitos times competitivos e vencedores com poucos recursos. Paulo Odone nos trouxe dois ótimos zagueiros do Ipatinga, William e Teco. Porque o presidente Duda não orienta seus homens a procurar nos times médios do interior do Brasil?

Não queremos medalhões com altos salarios pagos. Queremos jogadores com a cara do Grêmio.

Por mim o presidente Duda Kroeff não tem pulso, e assim sendo precisa urgentemente ou mudar sua visão do clube ou deixar para alguém que tenha este pulso e ouça o torcedor, que neste momento sempre é o mais prejudicado.

Se você leitor também tem algo contra a direção, pode deixar seus recados aqui. Obrigado.

Comentários

  1. Concordo inteiramente contigo quanto a falta de ação desta direção, entre outras, na infeliz atitude da BM no episódio de Grêmio X Cruzeiros. Porém. Paulo Odone, NÃO! Este cidadão já faturou muito em cima do Grêmio. Em sua administração foi gestada esta negociação em que vamos perder esta área nobre na Azenha em troca de uma arena em cima do lixo, a qual nunca pertencerá inteiramente ao Grêmio!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente a vontade. Aproveite e deixe sua sugestão de postagem!

Postagens mais visitadas