Grêmio 2x0 Botafogo - Brasileirão - 24.05.09

E finalmente o Grêmio estreou seu novo treinador, Paulo Autuori, e conforme era esperado já se viu alguma mudança no jeito do time jogar. É verdade que um tanto sutil as diferenças para o Grêmio de pré Autuori, mas mesmo sutis foram benéficas.





O primeiro tempo foi mais marcante analisar estas mudanças. O Grêmio obteve 11 finalizações, contra apenas 2 do Botafogo. A visível diferença começou com o que já era previsto, Tcheco e Souza ficaram mais próximos do ataque, e Jonas jogou um pouco mais solto por ambos os lados e pelo meio também. Outra diferença foi à ligação entre defesa e ataque. Antes era uma sucessão de balões aleatórios, hoje o que se viu foi o tanto a zaga como o meio campo tentando sair jogando, com passes curtos. E é nesse quesito que vi a principal critica: os passes curtos estão saindo curtos demais, ou sem potência, o que fez a marcação adversária desarmar muitas jogadas. Um pouco mais de treino, agregado a atenção, e essa linha de passe curta ficará perfeita.

No segundo tempo sim, o Grêmio mostrou certo cansaço, mesmo assim foi neste tempo que o tricolor venceu. E tem méritos nos gols. No primeiro o mérito começa nesta linha curta de passe. Jonas começou a troca de passes, e com o rebote da defesa, ele mesmo de bico bateu em gol. O mérito de Jonas é estar pelo meio, e acreditar na jogada. No segundo gol o mérito começa com o novo treinador, que já havia dito durante a semana que Douglas Costa pode sim ser titular. No jogo de hoje Douglas saiu do banco, na metade do segundo tempo, no lugar de Souza. Pela esquerda ele mostrou sua habilidade e velocidade, e assim tabelou com Maxi, que deixou para Fabio Santos, livre, marcar o segundo gol.

Para mim foi muito produtiva estas mudanças. Aos poucos, e com os treinos, este time pode melhorar muito. E precisa melhorar! Mas o importante é que até jogadores contestados pela torcida já mostraram serviço, e isso passa pela mudança de esquema e treinamento. Ou seja, passa pelo novo técnico.

Agora temos um jogo importantíssimo na quarta-feira em Caracas pela Libertadores. Será o primeiro jogo fora com o novo técnico. A partir daí veremos como o time se comportará em jogos fora do Olímpico. Eu tenho um pressentimento que essa demora em contratar o treinador até poderá favorecer, desde que a mão de Paulo Autuori faça o time render o que a torcida quer.
























GRÊMIO 2 x 0 BOTAFOGO

Grêmio
Victor; Léo, Réver (Thiego) e Rafael Marques; Ruy, Túlio, Tcheco, Souza (Douglas Costa) e Fábio Santos; Jonas (Herrera) e Maxi López
Técnico: Paulo Autuori

Botafogo
Castillo; Juninho, Leandro Guerreiro e Eduardo; Alessandro (Diego), Fahel, Túlio Souza, Rodrigo Dantas (Jean Coral) e Gabriel (Wellington); Tony e Victor Simões
Técnico: Ney Franco

Data: 24/5/2009 (domingo)
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho (SP/Fifa)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR/Fifa) e Alessandro Álvaro de Matos (BA/Fifa)
Cartões amarelos: Gabriel, Eduardo, Tony (Botafogo); Réver, Ruy (Grêmio)
Gols: Jonas, aos 12min; Fábio Santos, aos 33min do segundo tempo

Comentários

  1. Não dá pra confiar no time qdo o Castillo tá em campo. Tá pra nascer goleiro mais merda.

    Não vi o jogo, já q aqui em SP passou o chocolate do Santos no Flu, então não dá nem pra comentar.

    Eu juro q achava que o Fogão ia arrancar uma vitoriazinha magra. Não perco as esperanças nunca lol

    ResponderExcluir
  2. Querida Miss Caio Martins! Pois é, eu também achei que o Botafogo poderia fazer o crime, já que a pontaria tricolor andou um tanto que torta no primeiro tempo.
    Mas o Botafogo está sentindo muito a falta de Reinaldo e Maicosuel. Maicosuel já era, agora é tentarem encaixar alguém para reforçar o meio para o ataque. Mas não se desespere, o Botafogo se mostrou um adversário a altura!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente a vontade. Aproveite e deixe sua sugestão de postagem!

Postagens mais visitadas