Até que enfim, futebol!

Desde o sábado passado tem sido uma tortura para muitos torcedores aficcionados, como eu sou, pelo Grêmio. No domingo um joguinho razoável da seleção, que ao menos venceu o Chile em Santiago.

Na segunda nada de novo no front. Na terça a bomba, Roth na Polícia Federal dando explicações. Bem, ao menos por enquanto ele segue a frente do Grêmio e a imprensa deu um tempo sobre o assunto.

Na quarta um horrendo jogo da seleção. Olha, foi de doer o que se passou naquele gramado do Engenhão. Acredito que tenha sido o pior jogo de futebol da história. Torcida pífia, futebol pífio, narração pífia...tudo pifou naquela noite, até minha paciência.

Na quinta, treinamento e alguns problemas de lesões no Olímpico. Mas nada confirmado ainda. Um dilúvio se abateu no Rio Grande do Sul. Era tornado, micro esplosão, granizo, chuvarada, ventania, nossa...era de tudo um pouco.

Na sexta o vendavel veio pelos lados do Olímpico. William Magrão fora do jogo sábado! Bem, para alguns poderá ser a chance de ver o Grêmio diferente, com Tcheco mais recuado, Souza a frente e Reinaldo e Marcel no ataque. Veremos!

E hoje, sábado, acredito que veremos a estréia do El Chengue, Morales. O jogo é complicado, o Goias cresceu de produção. Não é aquela Maria Mole do primeiro turno. Iarlei tá fazendo a diferença, e não será diferente no Olímpico. Ainda para complicar o gramado deverá estar pesado, se não estiver chovendo, o que deixará o jogo mais lento, com mais marcação.

Bem, enfim teremos futebol, e espero sinceramente que o jogo de logo mais, as 18:20, possa tirar de minha lembrança qualquer lance daquele horrendo jogo entre a seleção boliviana e o expressinho do Dunga.

Todos ao Olímpico porque ninguém é de açucar!

Comentários

Postagens mais visitadas