Que bom, finalmente temos um grupo, apesar da derrota!

   Esta noite aconteceu algo que está se tornando rotineiro na vida do Grêmio de Celso Roth nesta temporada, ser desclassificado jogando em casa. Primeiro perdeu para o Juventude nas quartas de final do gauchão, precisando apenas de um empate acabou perdendo por 3x2. Na mesma semana venceu o Atlético GO por 2x1, mas como perdera antes pelo mesmo placar acabou sendo vencido nos penaltis. E esta noite conseguiu o empate, mas por 2x2, e com o resultado o time tricolor fica fora da próxima fase da Copa Sulamericana. Mas não se enganem de que foi um jogo qualquer.
   Precisando da vitória, ou pelo menos marcar gols, o Internacional jogou mais aberto, mesmo assim o Grêmio assustou muito a defesa colorada. E o primeiro tempo terminou equilibrado, com o Grêmio jogando no esquema 3-6-1. 
   Na volta para o segundo tempo, as equipes mostraram a mesma disposição em campo, mas antes dos 10 min, em uma falha coletiva do sistema defensivo do Grêmio, Nilmar entrou na area e aproveitou a saida do goleiro Marcelo Grohe para fazer 1x0. Com o gol Celso Roth mexeu imediatamente voltando ao sistema 3-5-2, retirando Rudnei e colocando André Luis. Mas o jogo continou no mesmo passo, e aproveitando outra bobeada da zaga tricolor, Indio marcou o segundo gol para o time da Beira-Rio.
   Qualquer um pensou que alí terminaria o jogo, ou que o Internacional ampliaria a vantagem, afinal o Grêmio estava com seu time secundário, e o Internacional com o time titular. Mas novamente o espirito da "imortalidade" pairou sobre o Olímpico. Celso Roth mexeu novamente, retirou Amaral e colocou Perea, partindo para um 3-4-3. Era o tudo ou nada, e aos 38 min Perea descontou, após cortar Indio e chutar no canto de Clemer. O jogo pegou fogo!
   Aos 43 Soares chutou da entrada da area, Clemer espalmou mas a bola caiu a suas costas, ele mesmo tentou salvar em cima da linha, mas caprichosamente a bola entrou no outro canto de sua meta. Estava empatado o clássico.
   Os minutos finais foram muito nervosos. O Internacional ficou acoado em seu campo, e o Grêmio foi em busca do terceiro gol, que lhe garantiria a classificação. Porém os 5 minutos finais não foram suficientes. 
   O Internacional comemora a vaga para a próxima fase, mas quem comemora é o Grêmio, pois mostrou que seu time secundário teria condições de estar em segundo lugar no campeonato, já que a liderança é do time principal.
   O que fica de positivo é a superação deste grupo. Todos mostraram seu valor, até mesmo na hora dos erros que premiaram o ataque adversário. Positivo porque o grupo do Grêmio tá fechado, unido, e é o grupo mais competitivo deste segundo semestre. Positivo porque mesmo perdendo a classificação, o Grêmio permanece sem perder para o Internacional nestes dois ultimos anos. A unica consideração negativa que fica é o fato de Celso Roth ter sido novamente desclassificado em um torneio de mata-mata no Olimpico, porém como o Brasileirão é pontos corridos, Celso Roth é só creditos até aqui.
   Mas o lado mais positivo que vi esta noite foi que nossos "reservas" são sim de muita confiança. Observando bem o grupo de hoje, sabemos que mesmo se tivermos problemas de lesão, ou suspensão, o tecnico poderá usar qualquer um que esteve em campo.
   Estamos tristes por termos caido na sulamericana, mas se deixarmos um pouco a paixão de lado, ficaremos felizes, porque descobrimos até que enfim, temos um grupo vencedor! E quanto aos nossos rivais, eu se fosse torcedor deles ficaria muito preocupado, porque esta classificação é puramente ilusória.

Comentários

Postagens mais visitadas