Inter é passado, o presente é o Vasco

Passado o "problema" Sulamericana, o Grêmio volta a se concentrar no Vasco, que enfrenta este domingo no Olímpico. E Celso Roth tem mais uma vez a oportunidade de inovar e acrecentar mais qualidade ao time.
William Magrão está suspenso pelo terceiro cartão, que recebeu contra o Nautico. Porém Léo foi absolvido na tarde desta sexta-feira no STJD por suposta agressão em Dagoberto, o que não se caracterizou, apenas uma suspensão ao avante são paulino de dois jogos. Assim Celso Roth deverá mudar apenas no meio-campo, colocando Souza, e para isso recuaria Tcheco para o lugar de William Magrão.
Começa a se desenhar o time para o jogo: Victor, Pereira, Léo e Rever, Paulo Sérgio, Pico e Rafael Carioca, Tcheco, Souza, Perea e Marcel. Deve ser este time, já que Roth não anda mexendo muito na escalação.
Analisando este time, o que muda é a ofensividade. Tcheco sabe atuar como volante, já que é bom marcador, apesar de cometer muitas faltas. Em seu lugar Souza, e aí sim teriamos uma ligação com mais qualidade do meio para o ataque. Perea e Marcel receberam mais bolas trabalhadas, e a saida da zaga pra o meio se fará mais tranquila.
Acredito que veremos um Grêmio mais a frente do que estamos acostumados a ver. O segredo será novamente a velocidade de resposta. Bola da zaga para o meio, do meio para o ataque. A finalização preocupa, mas como Perea marcou no Gre-nal e vem demonstrando presença efetiva na frente, e Marcel mesmo não marcando incomoda muito o adversário, acho que teremos boas noticias no final do jogo!
Gostaria de ver o Soares no banco, já que Reinaldo segue se recuperando. André Luis é esforçado, mas ainda está faltando algo. Talvez um treinamento mais agressivo e individual para ele resolva este quesito.
Na verdade acredito que o Grêmio nunca esteve tão bem a nivel de escalação do que agora, e isso é excelente, pois já passamos da metade do campeonato e continuamos 5 pontos a frente do segundo colocado, que acabou perdendo seu maestro nesta janela de transferencia.
A rodada começa neste sábado, e já temos para quem torcer: o Náutico que pegará o Botafogo no Rio. Sei que é quase impossível, mas o Botafogo está tão cheio de sí que é bem capaz ser surpreendido em seus domínios. Jogo para sercar mesmo!
E no domingo todos ao Olímpico. É hora da torcida gritar mais ainda. A cada rodada que passa o sonho do tricampeonato vai se aproximando. Faltam apenas 16 rodadas, ou seja, 16 jogos decisivos. Jogamos pelo resultado dos adversários. No Olímpico é imprecindível vencer, e fora buscaremos pontos preciosos.
Avante tricolor dos pampas!

Comentários

Postar um comentário

Comente a vontade. Aproveite e deixe sua sugestão de postagem!

Postagens mais visitadas