Clemer lembra que importância do Gre-Nal é a mesma de sempre

Mesmo que o Grêmio entre em campo com um time reserva na quinta-feira, o experiente Clemer, do Inter, ressalta a importância do Gre-Nal, o 372º da história, que vale vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana. O goleiro afirma que a responsabilidade é a mesma para os dois clubes.

O experiente atleta de 39 anos (desde 2002 no Beira-Rio) lembra o valor de um trunfo no maior clássico gaúcho. "Pesa pros dois lados. A rivalidade é grande, o jogo é eliminatório e vamos encarar o Gre-Nal como ele sempre foi", destacou. Na estréia, houve empate, 1 a 1, e nesta quinta-feira as equipes decidem, no Olímpico, quem segue em frente.

Esta é a segunda vez que Inter e Grêmio se enfrentam na Sul-Americana. Em 2004, na segunda fase, cada um ganhou em casa, mas o Colorado se deu melhor graças ao gol fora, pois fez 2 a 0 no primeiro jogo e levou 2 a 1 na volta. A equipe só pararia nas semifinais, quando foi eliminada pelo Boca Juniors, que posteriormente ficou com o título.

Na nona colocação do Campeonato Brasileiro (onde o Grêmio é líder isolado), o Inter dá prioridade à Sul-Americana, competição nunca vencida por um clube do nacional. "Temos que mostrar muita luta dentro de campo para ficar com a vaga", completou Clemer.

Minha opinião: É como falei numa postagem anterior: para o nosso rival, este Grenal é fundamental para eles ganharem novo animo, e tentar embalar com este time milionário. Então cabe a nosso comandante tricolor, Celso Roth, mesmo atuando com reservas não deixar que eles reajam neste campeonato, e isso passa necessariamente pela desclassificação do colorador na quinta-feira no Olímpico!

Comentários

Postagens mais visitadas