Blog do Wianey Carlet - Era pra ser goleada!

O Grêmio ganhou, nenhuma novidade. Desta vez, dançou o Vitória, de brilhante campanha. O time de Vagner Mancini não resistiu ao futebol envolvente, forte e agressivo da equipe de Celso Roth. Foi por 2 a 0, mas, se tivesse sido pelo dobro, estaria de acordo com a superioridade gremista.

Como sempre, o Grêmio se impôs nos seus três setores. O Vitória só conseguiu um arremate na etapa final e foi pressionado o tempo inteiro. O time gremista, a cada jogo, afina mais o sistema idealizado por Celso Roth. Os dois stoppers, Thiego e Rever, jogando quase sobre a linha que divide o campo, empurram os volantes para frente e assim, encurtando o campo de jogo, o time fica compacto e robusto.

Estabilizado em um alto patamar de rendimento, o Grêmio se repetiu na forma e conteúdo. Um time que dá show de futebol coletivo e vai fincando raízes na liderança do campeonato.

Victor fez uma defesa impressionante quando o jogo ainda estava indefinido. Mas, se fosse para escolher outro destaque, quase todos os jogadores mereceriam votos. Quando essa situação se reitera, tem-se o futebol total que poucas equipes jogam.

O Grêmio inspira tanta confiança que a sua torcida nem preciosa se violentar, torcendo pelo Inter, contra o Cruzeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas