Massacre no Scarpelli : Figueirense 1x7 Grêmio

Nem o mais otimista gremista saberia, ao termino da noite desta quinta-feira, que o Grêmio alcançaria a liderança do brasileirão 2008, com este mesmo grupo que precocemente fora eliminado das finais do Gauchão e da Copa do Brasil. E se dissessem para estes mesmos gremistas que este mesmo time, contestato, massacrado pelas críticas e com a torcida gritando a plenos pulmões por contratações, iria chegar em Florianópolis, enfrentar um Figueirense que nos ultimos anos era mais uma touca braba, e vencer. Não vencer, massacrar, humilhar, relegar o adversário para o limbo das humilhantes e históricas goleadas. Sim, o Grêmio fez tudo isso e muito mais, neste impressionante 7x1.
Aos 17 do primeiro tempo, Paulo Sérgio cruza pela direita, William Magrão escora de cabeça, e Perea na pequena área de cabeça estufou as redes de Wilson. Bem, todos esperavam que Celso Roth recuasse um pouco o time, e que o Figueirense viesse na pressão tentar empatar, porém aos 28 min Tcheco cobra escanteio da esquerda, a bola cruza toda a pequena área do alvinegro catarinense e Perea chega batendo de primeiro, segundo gol do Grêmio, segundo do colombiano.
Então num raro ataque da equipe catarinense, Leandro Soares entra pela área, e é derrubado por Paulo Sérgio. Penalti que Cleiton Xavier bate e desconta para o Figueirense.

Então veio o segundo tempo, e a torcida do Grêmio com aquela duvida na cabeça: Celso Roth recuaria o time para defender o resultado? O Figueirense viria com tudo para cima, aproveitando o apoio de sua torcida e o fato de estar jogando em casa? Todos se enganaram, e aos 7 min Tcheco cruza pela ponta esquerda, e Marcel aparece no meio da área para de cabeça marcar o terceiro do Grêmio. Mas o massacre não parou por aí, seguiu o baile com Perea marcando seu terceiro gol, ao se desvenciliar do zagueiro na entrada da área, avançar e esperar Wilson sair e definir o canto. 4x1.
Bem, qualquer um em sã consiência saberia dizer que Celso Roth ganhando de um a zero já recua o time, imaginem então ganhando de 4! Mas impressionante ele tirou Marcel e colocou Reinaldo, outro atacante, e este mesmo Reinaldo aos 24 min recebe um passe de Perea, e livre ele acerta o angulo de Wilson, era o quinto. Aos 35 min Makelele cruza pela esquerda, e de novo Reinaldo aparece para colocar no canto do goleiro alvinegro, marcando seu segundo e o sexto do Grêmio. Mas ainda teve tempo para ele mesmo, Reinaldo, decretar o massacre e a vitória histórica, e aconteceu aos 38 min, e de novo recebendo um passe de Perea, o melhor em campo. Final do carreto: Figueirense 1x7 Grêmio.




Gols do massacre!

Agora domingo é a vez da torcida tricolor lotar o Olímpico, e também buscar mais uma vitória, desta vez contra o Palmeiras.

Comentários

Postagens mais visitadas